Quantcast

Zorba o Buda

Zorba o Buda

Zorba é a fundação e Buda é o palácio
 
“Zorba é a fundação e Buda é o palácio. Buda é o cume, mas os alicerces são postos por Zorba. Será tolo escolher ser um Buda sem ter os alicerces.
 
Sou completamente matemático em relação a isso: Zorba deve estar lá e quanto mais forte um Zorba existe, mais possível é um Buda. Então posso tornar-me um Buda a qualquer momento, Zorba é absolutamente necessário como a energia básica de onde o Buda será esculpido. Zorba é a pedra de mármore de onde a estátua de Buda tem que ser esculpida. Eu escolho a pedra... e Buda é fácil. “É apenas uma questão de abrir os seus olhos. Não me preocupo com Buda; Estou preocupado com as pessoas que não são Zorbas. Como é que elas se tornarão Budas? Elas não têm o material básico do qual um Buda é feito.
 
E essa pobreza tem sido dada às pessoas pelos líderes religiosos. Disseram-lhes que não fossem materialistas. Disseram-lhes para serem celibatárias. Disseram-lhes para viverem na pobreza. Disseram-lhes que a vida provém do pecado. Todas essas coisas destruíram os seus Zorbas. De outro modo, todo o homem nasce um Zorba, o Grego.
 
E se tudo for de acordo comigo, todo o homem morrerá como Zorba, o Buda. Entre o Grego e o Buda não há muita distância, mas primeiro você deve ser o Grego.”
 
Osho, The Last Testament, Vol. 2, Capítulo #19
Para continuar lendo em inglês clique aqui
 
 
Eu Chamei Isso de Novo Homem — Zorba, o Buda
 
“Primeiro ensinei-o sobre confiança, o coração, sentimento, amor; e agora estou ensinando-o acerca de dúvida, ceticismo, razão, intelecto, porque eu gostaria que você fosse um homem completo. Você pode estar completamente satisfeito com confiança, com o coração, mas você não será um homem completo. Eu não chamaria Mira de uma pessoa completa, não chamaria Ramakrishna uma pessoa completa. Eles são belos, mas o intelecto está em falta; é tudo coração; É demasiado açúcar, cria diabetes. Eu sou diabético. Demasiado coração, demasiada doçura, e você sofre de diabetes – e eu não quero que nenhum de vocês sofra de diabetes. Sim, vivendo apenas pelo coração você terá diabetes espiritual. O intelecto é salgado, picante; não é todo açúcar.
 
Eu gostaria que você desfrutasse da inteireza do seu ser, quando o seu corpo, a sua mente, o seu intelecto caírem em sintonia. Eu chamei isso de novo homem – Zorba, o Buda.”
 
Osho, From Personality to Individuality, Capítulo #13
Para continuar lendo em inglês clique aqui
 
 
Nada a Escolher, Nada a Descartar
 
Koji escreveu:
Nada a escolher nada a descartar.
 
“É isso que quero dizer com Zorba, o Buda: nada a escolher.
Buda tinha escolhido: ele tinha escolhido escapar do mundo, ele escolheu abandonar a sua mulher e o filho e o pai velho, ele tinha escolhido fugir, ao invés de encontrar o mundo e encarar a realidade. É uma escolha clara contra o mundo, contra o material, a favor do espiritual.
Um homem de totalidade não tem nada a escolher. A sua vida é uma vida de ausência de escolha. Nada a escolher, nada a descartar; são dois lados da mesma moeda. Se você escolher algo, você terá de descartar algo.”
 
Osho, No Mind: The Flowers of Eternity, Capítulo #12
Para continuar lendo em inglês clique aqui
 
 
Zorba É Apenas o Começo
 
“Eu gostaria que este homem Zorba estivesse vivo em todo o mundo, porque ele é a sua herança natural. Mas você não deve parar no Zorba.
 
Zorba é apenas o começo. Mais cedo ou mais tarde, se você permitir ao seu Zorba expressão completa, você vai acabar pensando em algo melhor, mais elevado, maior. Não virá do pensamento; virá das suas experiências – porque essas pequenas experiências se tornarão entediantes.
 
O próprio Buda chegou a ser Buda porque ele viveu a vida de um Zorba.”
 
Osho, Beyond Enlightenment, Capítulo #7
Para continuar lendo em inglês clique aqui
 
 
O Silêncio Se Tornará Uma Canção
 
“O Zorba adora cantar, tocar os seus instrumentos musicais, dançar. Buda tornará isso perfeito, absoluto. Até o silêncio se tornará uma canção, até pedras se tornarão sermões, e qualquer coisa que você tocar se tornará um instrumento musical porque as suas mãos terão agora a magia de toda a existência; elas terão a graça, a beleza, a poesia...”
 
Osho, Beyond Enlightenment, Capítulo #20
Para continuar lendo em inglês clique aqui
 
 
Um Homem Completo É o Único Homem Santo
 
"Se nós quisermos um homem completo – e para mim um homem completo é o único homem santo – então o Zorba tem que ser absorvido pelo Buda. Eles têm que ser aceitos totalmente como um. E eu não vejo onde a dificuldade está. De fato, Zorba mais Buda será um enriquecimento tremendo.
 
Buda não pode rir, não pode dançar, não pode cantar, não pode amar. Ora, que tipo de vida haverá? Vazia!
 
Zorba pode cantar dançar, apreciar comida, beber, amar. Ele terá uma vida, mas ele não saberá quem ele é. Ele não conhecerá o significado da existência. Ele nunca chegará a vivenciar a imortalidade da vida, a eternidade da sua existência - que ele sempre esteve lá e sempre estará lá; somente as formas mudam. Ele nunca entrará no seu próprio centro. Ele permanecerá sempre no ciclone, muito ocupado, preocupado com tudo exceto ele mesmo. E o centro do ciclone é a experiência mais extática, a derradeira experiência da consciência humana. Além disso, não há nada; você chegou em casa.
 
Mas eu não vejo que haja um problema, não há contradição. Você pode chegar a casa, você pode estar no seu centro – o que é que o impede de rir? Na verdade você deve ser o único que pode realmente rir, pode se tornar riso; que pode realmente amar, que pode se tornar o próprio amor – onde o amante desaparece e apenas o amor permanece; alguém que pode dançar e dançar com tamanha despreocupação que o dançarino se vai completamente, há apenas dança.
 
Este é o meu esforço: trazer Zorba o Buda para o mundo.
 
Isso criará uma unidade em você; o seu corpo e alma terão uma unidade. Você não precisará lutar contra a sua natureza, você pode usá-la como um degrau. Não há necessidade de lutar, não há necessidade de reprimir. Todas as doenças psicopatológicas vêm da repressão. Todas as pessoas psicopatológicas são incuráveis a não ser que aceitem a sua natureza totalmente, sem nenhuma relutância. Você tem que usar as suas energias naturais para crescer. Isso trará o homem à totalidade.
 
Todas as religiões o tornaram esquizofrênico, dividido. Elas criaram culpa em você ao criar uma divisão; é todo o objetivo delas. Apenas um homem culpado irá para a igreja, irá para a sinagoga, irá para o templo; de outro modo, não há necessidade. Se você for uno, você gostaria de dançar ao ar-livre, debaixo do sol. Essa será a sua verdadeira oração. Nada é dito, nada é questionado, mas você está mostrando a sua gratidão à existência.
 
Zorba o Buda não apenas destruirá a divisão no homem, destruirá a divisão na sociedade."
 
Osho, From Bondage to Freedom, Capítulo #13
Para continuar lendo em inglês clique aqui
 
Leia mais tópicos Osho nos Destaques do Mundo do Osho.
 
Para encontrar mais Citações do Osho sobre Zorba o Buda ou qualquer outro assunto pelo qual você possa estar interessado, você pode visitar a Biblioteca Online Osho. Esta biblioteca grátis contém mais de 225 livros do Osho que podem ser lidos ou procurados por palavras-chave ou frases.