Quantcast

Sobre Meditação? Saída?

Saída?

<< Back

Não há saída aqui! É um tráfego de mão-única. Você somente entra... não tem outra porta, só a entrada. Depois você precisa renascer; esta é a única saída. Mas a saída não está em escapar, está em ins-capar para dentro. Isto é ir para dentro.


Osho: Dhammapada: The Way of the Buddha, Vol 12, Chapter 6



Jean-Paul Sartre escreveu um pequeno livro muito bonito, o qual é uma descrição do inferno. O nome do livro é Sem Saída. Ali eles não têm os antigos métodos de tortura, fogo do inferno, etc. Todo o conforto, ar-condicionado – tudo que necessitam está disponível. O único problema é, não há saída. Assim eles estão presos num lugar com ar-condicionado, com todo tipo de estranhos, sem nenhum lugar para ir, nada para fazer. Tudo é fornecido sem mesmo pedir.

Basta você desejar e você o tem – isso costumava ser a descrição do paraíso! Ali você apenas deseja e o tem, mas não há saída. Isso é um pesadelo ar-condicionado! Você não pode sair. Todos sentados num belo sofá – mas apenas sentados ali. As pessoas vão ficando aborrecidas um com o outro por nenhuma razão... apenas continuadamente aos olhos do público, sem privacidade, e o problema aumenta continuamente: “Agora o que vai acontecer? Pois não podemos sair...”

O que ele descreveu é um pesadelo ar- condicionado porque não há nenhuma saída. Sem saber exatamente, ele está descrevendo sua mente. Você também está encerrado na sua mente com todo tipo de sonhos, imaginações, projeções, ideologias – mas sem meio para sair.

Meditação não é um meio para dar o fora da mente. Meditação diz: “Basta observar a mente e você está fora. Na verdade, você sempre esteve fora.” Você dentro da mente é sua idéia falaciosa. Uma vez que você cessa o funcionamento da mente, subitamente a idéia falaciosa irá desaparecer e você descobrirá que você está fora ao aberto. Então o céu interior está disponível a você. Sua liberdade, sua vida eterna, esta bela e vasta existência está sempre disponível a você, para derramar sobre você todos as bênçãos.

Basta um pequeno truque... não é nem mesmo uma técnica, apenas um truque. Você não está na mente, mas você tem estado pensando que está na mente; esse é seu problema. Você deve lembrar de alguns pesadelos... isso irá explicar a você como essa situação continua. Em um pesadelo, você quer abrir os olhos e não pode; quer mover suas mãos e não pode. Nenhuma saída! E o pesadelo torna-se tão intenso... Talvez um leão esteja de pé sobre seu peito ou você foi lançado de uma montanha num abismo escuro e não pode ver nem mesmo o fundo deste...

Quando isso chega a uma intensidade absoluta, a própria intensidade lhe acorda. Você não pode conseguir acordar por si mesmo se o pesadelo for de uma qualidade suave; não pode dar o fora disso. Mas se este for bem intenso então a própria intensidade lhe acorda, e subitamente não há mais pesadelo. Você nunca esteve entre as garras de um leão e nunca foi jogado de nenhuma montanha; você não foi esmagado por nenhuma máquina de terraplanagem – nada estava acontecendo. Era somente um sonho, mas você pensava que estava nele.

Você não estava nele; mesmo quando este estava acontecendo você estava fora dele. Era somente um filme passando na sua frente. Você estava fora dele.


Osho: The Great Zen Master Ta Hui, Chapter 23

<< Back