Quantcast

About Meditation? Como a abordagem de Osho a meditação difere da TM (Meditação Transcendental)

Como a abordagem de Osho a meditação difere da TM (Meditação Transcendental)

<< Back

Se você não consegue adormecer de noite, se você sofre de insônia, então métodos como a Meditação Transcendental de Maharishi Mahesh Yogi está perfeitamente bem. Este método nada tem a ver com meditação: Não é nem meditação nem transcendental. É somente um tranqüilizante não-medicinal.

Isso é bom no que se refere a trazer o sono sem nenhuma droga – eu o aprecio muito – mas nada tem a ver com meditação. Você pode repetir seu próprio nome de novo e novamente e não precisa pagar uma taxa a ninguém e não necessita de qualquer iniciação. Basta repetir seu próprio nome, repita-o rápido para que nada mais entre em sua mente, somente seu nome ressoa. Repita-o em voz alta para que dos pés à cabeça isso fique ressoando dentro. Logo você se sentirá entediado, aborrecido. E esse é o momento quando você começa a cair no sono pois parece não haver escapatória.

Todas as mães sabem disso. Este é o método mais antigo que as mulheres tem usado com seus filhos. Elas não chamam isso de Meditação Transcendental, costumavam chamar de uma “canção de ninar”. A criança vira e remexe, mas a mãe prossegue repetindo a mesma linha de novo. Não encontrando nenhuma escapatória lá fora, a criança escapa para dentro, quer dizer; ela adormece. Ela diz: “Estou tão chateado que a menos que adormeça, esta mulher não vai parar”. E logo ela aprende: na hora que adormeço a mulher pára, então isso torna-se um condicionamento, torna-se um reflexo condicionado. Aos poucos, lentamente, basta a mulher repetir a linha uma ou duas vezes e a criança adormece.

Isso você mesmo pode fazer. È um processo de auto-hipnose; bom para dormir, mas nada tem a ver com meditação. Na verdade, é somente o oposto da meditação pois meditação traz consciência e este método traz sono. Dessa forma eu aprecio isso como uma técnica para dormir, mas sou totalmente contra se isso for ensinado as pessoas como um método de meditação.


Osho: Ah, This!, Chapter 5

<< Back