Quantcast

Osho Livros Que eu Amei LIVROS QUE AMEI

Segundo: The Golden Verses (Os Versos dourados), de Pitágoras. Ele foi um dos homens mais mal compreendidos, obviamente. Se a pessoa conhece, ela está fadada a ser mal compreendida, isso é certo. Entender é muito perigoso, pois assim você será mal compreendido. Pitágoras não foi compreendido nem mesmo pelos seus próprios discípulos, nem mesmo pelos que escreveram Os Versos dourados. Eles os escreveram mecanicamente, pois nem um único discípulo de Pitágoras ascendeu às alturas, nem um único se iluminou. E os gregos o ignoravam completamente. Eles ignoravam os melhores deles: Heráclito, Sócrates, Pitágoras, Plotino.

Eles quiseram ignorar Sócrates também, mas ele era demais. Assim, precisaram envenená-lo; não puderam simplesmente ignorá-lo.

Mas Pitágoras é completamente ignorado, e ele possui a mesma chave que Gautama Buda, Jesus ou qualquer outro iluminado.

Mais uma coisa, nem Jesus, Buda ou Lao Tzu fizeram tanto esforço para encontrar a chave quanto Pitágoras. Ele trabalhou ao máximo, foi o buscador mais autêntico e arriscou tudo. Ele viajou por todo o mundo conhecido daqueles dias, estudou com todos os tipos de Mestres e entrou em todas as espécies de escolas de mistérios, preenchendo seus requisitos. Ele é uma categoria em si mesmo.