Quantcast

Osho Osho On Topics Porcaria

Porcaria

"Porcaria" é uma palavra muito melhor do que "racionalização", mas ambas tem o mesmo significado, são a mesma coisa. Racionalização é uma palavra acadêmica –  uma palavra para ser usada pelo professor; porcaria é mais comum. Racionalização é sem intensidade, verborragia; porcaria é mais dinâmica, ampla e agressiva, mas o significado é o mesmo, não são coisas diferentes.

A cultura social de uma vila estava organizada em um grupo para ser composta apenas e estritamente por virgens quando uma jovem apareceu entre elas carregando um bebê.
"Mas, minha senhora, protestou o presidente, isto é uma prova de que você não é elegível para esta sociedade. Por que você acha que é capaz de participar?"
"Eu estava só de brincadeira quando isso aconteceu", explicou ela.

Racionalização é um termo filosófico, porcaria vem do homem comum, das massas, das pessoas que vivem na terra, com a terra, cujas mãos estão lamacentas. A palavra "merda" também é barrenta e é sempre usada pelas pessoas que estão trabalhando e vivendo uma vida comum. Não vem das torres de marfim de uma universidade. E é mais autêntica, ela diz muito mais do que "racionalização". As palavras que são cunhadas pelos professores são sempre anêmicas. São palavras mortas, clínicas, mas não dizem muito, ao invés de dizer elas se escondem. Deixe-me dizer desta forma: a própria palavra "racionalização" é uma racionalização, ela está sendo usado para evitar a palavra "porcaria".