Quantcast

Osho Osho On Topics Discípulos

Discípulos

Discípulos no passado criavam organizações. Essa era a sua relação, "somos cristãos", "somos hindus", "nós pertencemos a uma religião, a uma só fé e porque pertencemos a uma só fé, nós somos irmãos e irmãs. Vamos viver pela fé e vamos morrer pela fé".

Todas as organizações têm surgido a partir das relações entre os discípulos. De fato, dois discípulos não estão conectados um com o outro de forma alguma. Cada discípulo está conectado com o mestre através da sua condição individual. Um mestre pode estar conectado com milhões de discípulos, mas a conexão é pessoal, não organizacional.

Discípulos não têm qualquer relacionamento entre si. Sim, eles têm uma certa amizade, uma certa amorosidade. Eu estou evitando a palavra "relacionamento", porque ele é vinculativa. Eu não estou chamando isso de amizade real, mas "simpatia" porque todos eles são companheiros de viagem a pé no mesmo caminho, no amor com o mesmo mestre, mas eles estão se relacionando  uns com os outros através do mestre. Eles não estão relacionado-se uns aos outros diretamente.

Essa tem sido a coisa mais infeliz no passado: que os discípulos se tornaram organizados, relacionando-se entre si, e todos eles eram ignorantes. E pessoas ignorantes só pode criar mais incômodo no mundo do que qualquer outra coisa. Todas as religiões têm feito exatamente isso.

Meu povo está relacionado comigo individualmente. E porque eles estão no mesmo caminho, certamente eles se familiarizaram com o outros. A amizade surge, uma atmosfera amorosa, mas eu não quero chamá-los a qualquer tipo de relacionamento. Sofremos muito por causa dos discípulos tendo relacionamentos diretos entre si, criando religiões, seitas, cultos, e depois brigando. Eles não podem fazer mais nada.

Pelo menos comigo, lembre-se: você não está relacionado com o outro de qualquer maneira em tudo. Apenas uma simpatia líquida, não uma amizade sólida, é suficiente e muito mais bonito, e sem qualquer possibilidade de causar danos à humanidade no futuro.

Osho, Beyond Enlightenment, Talk #2