Quantcast

Osho Osho On Topics Brincadeira

Brincadeira

Seriedade é uma doença, não é um meio. Isso leva à morte, não à vida eterna. A vida é lúdica, divertida, porque toda a existência é um tremendo circo. É tudo diversão – todas as cores das flores, tantos animais bonitos, pássaros, nuvens, e sem nenhum propósito, pois eles não servem a qualquer objetivo. Não há metas de vida. A vida é uma peça de teatro em si mesmo. É pura abundância de energia, transbordando energia – a existência continua em expansão.

Nenhum Deus a criou, porque sempre que algo é criado há um propósito. Sempre que algo é criado há um motivo e, quando alguém cria algo, o criado não pode ser outra coisa senão uma máquina. A existência não tem utilidade, continua a ser eterna, um jogo eterno de energias em milhões de formas.

Diversão é a palavra mais sagrada, muito mais sagrada do que a oração. É a única palavra que pode lhe dar uma sensação de jovialidade, pode fazê-lo de novo uma criança. Você pode começar a divertir-se correndo atrás das borboletas, em busca de conchas na praia, das pedras coloridas.